top of page

So tech! Com a palavra, Bruno de Carvalho

Atualizado: há 4 dias

A +55 sempre sonhou em trazer para o nosso país a tão desejada qualidade do móvel europeu. Por isso, juntamos um time de excelência para investigar quais seriam as tecnologias, matérias-primas e maquinários necessários para atingir tal feito. Afinal, a qualidade é o que nos move, e está no centro de tudo o que fazemos.


O sofá Tecno é uma das peças que encabeçam esse movimento, trazendo a delicada união entre tecnologia, conforto e leveza através do traço de Bruno de Carvalho. A seguir, o designer do time +55 comenta sobre os detalhes e o processo de desenvolvimento da linha Tecno.


O designer Bruno de Carvalho pensou o sofá Tecno como um possível home office contemporâneo.


“Comecei a falar sobre esta coleção com a +55 design em setembro de 2020, seis meses após a Organização Mundial da Saúde ter declarado a pandemia da COVID-19. Naquele momento, as pessoas estavam tentando se adaptar aos novos formatos de trabalho, considerando que, em especial, o home office seria algo difícil de ser revogado. Assim, me foi proposto o desafio de pensar uma ‘estação padrão’ de trabalho para dentro de casa.


O partido do projeto foi entender quais seriam os elementos mínimos necessários à nova situação. O que precisaria constar na ‘estação padrão’? Observando minha própria dinâmica cotidiana, percebi que os elementos fundamentais já estavam há anos em nossas mãos – nossos próprios notebooks, tablets e celulares –, e a questão deveria focar seu uso.


São seis módulos para diversas variações da composição e da função da peça.


Nesse momento, nasceu a caixa tecnológica, peça modular que pode ser acoplada aos outros módulos do sofá – que acabou se chamando Tecno. Nesse suporte, propusemos concentrar de maneira elegante e simplificada todo o apoio que facilitasse uma forma de trabalho despojada e confortável.


Outro desafio estava justamente na modulação, na definição de kits de acordo com o desejo do cliente: algumas opções de bases, encostos, braços, além do módulo tecnológico. Com esses kits, podemos formar diversas combinações, desde pufes e daybed até sofás com chaise, com angulação, e em ‘L’.


Tanto a costura e dobra discreta quanto a escolha pelo bouclè como tecido encorpado

proporcionam um caimento estruturado ao estofado


Depois, procuramos soluções inteligentes para a praticidade do produto: por exemplo, ele é todo de encaixe, podendo ser desmontado por inteiro, e é possível despi-lo, já que seu revestimento é feito de capas, mesmo nas partes de couro. As capas abraçam uma estrutura interna muito bem-feita, que combina várias densidades de espuma cortadas na CNC e um sistema híbrido de assento e encosto que deu muito certo. Aliás, o conforto foi o aspecto sobre o qual mais nos debruçamos, com muitas idas e vindas até encontrar a melhor solução.”



42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page